.comment-link {margin-left:.6em;}

sábado, janeiro 29, 2005

Onde páram as elites? (36)

Temos metade (talvez menos) do País a trabalhar e a outra metade a intrigar, porque é essa a sua forma de sobrevivência.
(...)
Uma campanha eleitoral deveria ser um momento superior de esclarecimento, um momento superior de entropia negativa.
Mas, ao ser atravessada pelo triângulo da calúnia, do boato e da intriga, acaba por ser uma demonstração da pior entropia.


Paulo Cunha e Silva, no DN.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com