.comment-link {margin-left:.6em;}

domingo, fevereiro 13, 2005

Leituras com pó (4)

Um juiz-conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) foi alvo de um processo e inicialmente punido com uma sanção de advertência, por alegadamente ter afirmado que "todos os elementos do Conselho Superior da Magistratura são uns filhos da puta".

A sanção acabou, porém, por ser anulada pelo STJ.


António Marinho, Supremo absolve insultos de juiz, Expresso, 27/12/03.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com