.comment-link {margin-left:.6em;}

terça-feira, fevereiro 08, 2005

Onde páram as elites? (44)

(...)
A minha suspeita, quando vejo o desprezo a que é remetida a imagem do Estado e a indiferença com que os actores políticos tratam a questão, é a de que alguém está a trabalhar para que só daqui a uns tempos se venha a perceber que afinal as coisas não eram bem como se pensava.
(...)
Um dia, os cidadãos vão perceber que a imagem do Estado que existe em Portugal não é autónoma em relação à sua própria imagem. Se o Estado somos nós, a imagem que dele fazemos é a imagem que temos de nós próprios.
(...)

Estêvão de Moura, no Público.

Aqui está uma boa sugestão: começar uma discussão sobre o que é o Estado.

Ainda por cima não é nova. É só rever alguns calhamaços. Pode ser que se refresquem algumas memórias sobre serviço público, interesse público, diferença entre Administração e Governo, probidade, mas também valores, políticas, opções, projectos, personalidades, sonhos, e ainda grupos de pressão, lobbies, rendas de situação, luta pelo acesso ao bolo orçamental, luta política, luta de grupos, luta de classes, luta sem classe,...

É uma boa sugestão.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com