.comment-link {margin-left:.6em;}

quinta-feira, março 03, 2005

Leituras com pó (26)

Os grandes partidos portugueses estão hoje tomados por interesses perversos que fazem com que eles próprios sejam avessos às reformas e mudanças, considerou Marçal Grilo (...).

Marçal Grilo - (...) Nunca tivemos elites tão boas como temos hoje. Temos uma elite forte na vida académica, milhares de doutorados, temos uma elite na área financeira e económica, na àrea dos gestores (...) (mas) as elites estão um pouco desnacionalizadas. Assumem-se como cidadãos do mundo, da globalização, e têm um certo snobismo intelectual de distanciamento em relação ao que se passa no país. (...) fazem gala em dizer que estão desligadas dos problemas do país. (...)

José Manuel Fernandes e Graça Franco, Público, 24/01/05.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com