.comment-link {margin-left:.6em;}

segunda-feira, março 07, 2005

Perguntas académicas

Num contexto em que assistimos à emergência de uma estrutura nova, porque muito menos formal, de governação mundial, onde os governos e parceiros da sociedade civil, o sector privado e outros estão a formar coligações funcionais através das fronteiras geográficas e das linhas políticas tradicionais, para conduzir a política pública ao encontro das aspirações de uma cidadania mundial;

Numa era em que as campanhas de lobbying se tornaram num "lugar comum" e assumem um papel preponderante na condução da macro-política nacional, europeia e internacional, impõem-se, nomeadamente, dotar os estudantes de uma capacidade teórica significativa, ligada à realidade empírica e a estudos de caso integrados nas várias envolventes susceptíveis de análise. São objectivos da cadeira, entre outros, fornecer aos alunos os instrumentos teórico-científicos que lhes permitam perceber o funcionamento do mundo com base nesta relação Grupos Políticos - Sociedade Civil, e avançar com algumas respostas, numa linha realista, a questões tão complexas como:

1. Quem Governa?

2. Os Partidos Políticos ou os grupos com fortíssimos interesses na sua rectaguarda, que financiam as campanhas, asseguram os votos necessários à vitória, os jobs for the boys, as decisões judiciais "adequadas"?

3. O exercício do poder resulta, por outro lado, da conjugação dos "pequenos poderes" político e económico?

4. Onde está a salvaguarda dos interesses dos cidadãos, dos eleitores e dos contribuintes?


(apresentação da cadeira Grupos Políticos e Sociedade Civil do programa do mestrado em Ciência Política do ISCSP).

Comments:
Graças ao postal do Maré Alta, consultei o "site" em causa e verifiquei, com espanto, que eu era coordenador de uma coisa onde nem sequer sou professor. Sou professor catedrático, de provimento definitivo, da instituição em causa, mas não sou autor, inspirador ou sequer consultor desse mestrado. Embora seja doutor, associado, agregado e catedrático em ciência política, os donos da ideia são outros doutos mestres que, sem ser por acaso, são titulados noutras áreas do saber. Aliás, a outros da mesma, com os mesmos títulos possuídos pela signatário, tem acontecido a mesma coisa: também não são professores do mesmo mestrado.
José Adelino Maltez
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com