.comment-link {margin-left:.6em;}

sexta-feira, outubro 21, 2005

Gripe das aves: O que me está a falhar?

Se há risco de dezenas de milhar de mortes, porque é que se continua a dizer que (só) morreram 60 pessoas na Ásia?

Não morreu mais ninguém?

Ou morreu gente de mais, e não é dito?

Os Asiáticos foram excepcionais na prevenção do contágio e conseguiram impedir mais mortes?

Os Ocidentais são uns medricas que não conseguiram aprender com aaquela capacidade excepcional asiática de resolver o problema e só esperam pelo impacto?

Aqueles 60 mortos afinal morreram por outros motivos e houve engano na identificação da causa da morte? Não houve engano? Então como é que se podem esperar dezenas, centenas de milhares de mortos se na Ásia só morreram 60 pessoas?

Não percebo.

Comments:
A dúvida é legítima, porque a informação não está a ser claramente veiculada. Neste momento existe uma "gripe das aves" que se propaga rapidamente entre as aves mas muito dificilmente entre os humanos: só por contacto directo e continuado; daí existirem poucas vítimas mortais, apesar de ser muito mortífero.

O perigo potencial é que este virus das aves pode sofrer uma mutação e passar a propagar-se muito rapidamente entre os humanos - como acontece com as denominadas gripes comuns. Esse perigo decorre de o virus sofrer mutações muito rápidas e de poder "ligar-se" a um dos virus da gripe humana já existentes.

Ou seja: o perigo é grande, as consequências seriam catastróficas, mas não há certezas: pode nem haver mutação perigosa para os humanos, pode haver mutação mas a taxa de mortalidade das pessoas infectadas ser baixa, ou pode vir a acontecer apenas num prazo de alguns anos, dando tempo a uma melhor preparação.

Aconselho a leitura deste documento elaborado por um médico:

http://www.geocities.com/mardogolfo/gripe_das_aves.pdf
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
No endereço que escrevi deve acrescentar-se, depois do ponto final:
pdf

(não sei porquê o sufixo não aparece no comentário que escrevi)
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com