.comment-link {margin-left:.6em;}

quarta-feira, novembro 23, 2005

Onde páram as elites (84)?

1 - Lê-se no Sobre o Tempo que Passa, de José Adelino Maltez:

Sejamos independentes e dignos dos objectivos nacionais permanentes!
(...)
não gostaria de ver resvalar as nossas forças armadas para uma tecnocratice que as venha a enfileirar nas teias integradoras de uma nova Grande Armada, que se julgue invencível e acabe derrotada. Nem gostaria de meras chefias que se reduzissem a engenheiros da teoria das organizações, capazes de um grau de prontidão interessante na execução das ordens de um qualquer "big brother" que nos faça parcela de um super-sistema independente da vontade nacional.
(...)
não há democracia sem soldados. Não há política sem democracia. Não há democracia sem pátria.

2 - Lê-se no portal do Governo a intervenção do primeiro-ministro, quando lançou a Iniciativa Novas Oportunidades, em que apresenta a seguinte radiografia do, como agora se diz, capital humano português:

(...)
Três indicadores dizem tudo sobre a dimensão do desafio que temos à nossa frente.

O primeiro: só 20% da nossa população adulta, entre os 25 e os 64 anos, completou o ensino secundário. Este é um número impressionante, sem paralelo nos países da OCDE onde a média ronda os 70%. Mais: dos cerca de 5 milhões de portugueses que integram a nossa população activa, 2 milhões e 500 mil têm menos do que a actual escolaridade obrigatória.

O segundo: o número médio de anos de escolarização da nossa população adulta é de pouco mais de 8 (8,2), inferior a países como o México (8,7) ou a Turquia (9,6). Já para não falar da Itália (10,0), da Grécia (10,5) ou da Espanha (10,5).

Terceiro: 45% dos nossos jovens, entre os 18 e os 24 anos, abandonaram os estudos sem concluir o ensino secundário. Temos, portanto, mais de 485 mil jovens a trabalhar sem o secundário completo e, mais de metade destes, mais de 266 mil, não concluíram sequer a escolaridade obrigatória.

(...)

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com