.comment-link {margin-left:.6em;}

domingo, dezembro 11, 2005

Boas Festas

Eles até são (todos) boas pessoas.

Aliás, (até já) não há rapazes maus.

Prestam-se inclusive a calcorrear montes e vales em busca do Prestes João.

Mas que valem as suas (admitamos boas) vontades?

Ouçam-se os lamentos - frequentes, recorrentes, constantes, perenes - sobre a impotência das instituições, a falta de meios, os 'buracos' legais, as confissões de cansaço, constatem-se as hipocrisias, ...

Compare-se esta espectacularidade com a discrição de outras dinâmicas muito mais estruturais, essenciais, determinantes - sistémicas.

Boas Festas.

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Pois é, o Darfur... (4) - e o resto


sábado, dezembro 03, 2005

Migrações

(...)
Kofi Annan called for donors to provide $4.7 billion for urgent support to 31 million people in 26 countries for urgent support to 31 million people in 26 countries stricken by war, natural disasters, drought and a combination of such scourges worldwide.
(...)
“Unfortunately, many of these disasters have been largely forgotten by the international community,” said Jan Egeland, Under-Secretary-General for Humanitarian Affairs and Emergency Relief Coordinator.
(...)

Se 1% conseguirem chegar às fronteiras europeias serão 310 mil.

Como será mais barato enfrentar esta vaga massiva de pessoas?

A via da erecção de barreiras militaro-policiais na Europa tem a vantagem de combater o desemprego, e garante a permanência e amplificação do fenómeno nas próximas décadas.

A via do desenvolvimento destes (países?) (projectos de país?) (pesadelos de país?) tem a inconveniência de criar concorrentes para os produtores europeus.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com