.comment-link {margin-left:.6em;}

domingo, dezembro 24, 2006

Onde páram as elites (96)?

(...)
A Universidade portuguesa não cumpre grande parte dos seus deveres. Pouco na cultura e nas artes. Quase nada na inovação. Muito pouco na investigação autónoma. Deficiente na ligação às empresas. Assim-assim na formação, com profissionais incultos e mal preparados. Mais ou menos no ensino, de qualidade medíocre. Muito mal no acompanhamento das realidades públicas, economia, sociedade, demografia, políticas públicas, saúde pública, sistemas de transportes, administração pública... Mal no desenvolviomento de umas atitude crítica e atenta, formada e fundamentada, por parte dos seus académicos.
(...)
Se alguém procurar o que importante veio da universidade nestas últimas décadas, na cultura, nas artes, na tecnologia, na inovação, na administração pública, no desporto, no olhar crítico sobre a sociedade, na intervenção e acompanhamento permanente da vida económica e social, a lista será bem curta!
(...)

António Barreto, Público, 24 de Dezembro de 2006.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Link to ClockLink.com